TFG

URI Permanente para esta coleção

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 5 de 7
  • Item
    Intervenção de restauro residência Proença da Fonseca
    (Centro Universitário Barão de Mauá, 2022-12) Gabriel Antônio Andrade Moreira ; Henrique Telles Vichenewski
    A necessidade de implantar um projeto de restauro na residência Proença da Fonseca, parte de um olhar critico sobre nossas edificações históricas e como elas sofrem com ação do tempo e principalmente pelo homem. Em especifico a residência Proença da Fonseca teve em boa parte sua edficação demolida, primeiramente por um incêndio ocorrido em 2019 e com o passar dos anos foi se deteriorando ao ponto de sofrer uma demolição dos remancentes do incêndio.Pretenção de criar um projeto contemporâneo e totalmente disnguivel das ruinas existentes revertendo o espaço para uso da população
  • Item
    Performance em corpos de abandono
    (Centro Universitário Barão de Mauá, 2022-12) Bruna Carolina Giolo ; Ana Lúcia Machado de Oliveira Ferraz
    Performance em corpos de abandono tem como objetivo, estudar um corpo urbano abandonado e mostrar o quanto esses lugares podem ser potencializados através da arquitetura, e elaborar uma crítica urbana através desses territórios abertos para possíveis ocupações. A busca da procura de entender a relação de corpo e cidade resultam a realizar ensaios de estruturas efêmeras. É evidente que os vazios urbanos de modo geral impactam as cidades contemporâneas negativamente, assim como, a sociedade local. Esses espaços residuais além de promover a quebra da paisagem urbana, também são responsáveis pelo esvaziamento de corpos humanos, portanto, adota-se a metodologia baseada em pesquisas bibliográficas que envolvem três assuntos: corpo urbano abandonado, corpografias urbanas e dispositivos de performance urbana temporários. Ao término dessas três etapas, será possível compreender a importância de ativar um corpo urbano abandonado, através de outros corpos que estudos mostraram ser um processo de ativação, demonstrando um ato de manifesto, acionando e revelando as possibilidades de intervir, ainda que de forma temporária. Palavras-chave: Corpografias urbanas. Corpo e cidade. Arquitetura efêmera.
  • Item
    Dispositivos de aproximação: ocupações em ruínas urbanas
    (Centro Universitário Barão de Mauá, 2022-12) Talyssa Jade Alves Sepe ; Ana Lúcia Machado de Oliveira Ferraz
    Dispositivo de aproximação urbana, é reflexo da percepção da necessidade de ativar temporariamente as ruínas com caráter histórico, sinalizar e aproximar o usuário urbano dessas estruturas. Visa trabalhar através da interface entre arte, arquitetura e cidade, a busca de compreender as discussões sobre os espaços abandonados, que marcam o tempo urbano, e a relação entre a arquitetura, arte e o transitório. [arquitetura e tempo] Aborda a ruína urbana pelo que ela oferece de mais potente, um local de livre apropriações e possibilidades, um fragmento que compõe parte do tempo da cidade. Pensa na ocupação temporária, remetendo a ideia de conectar a passagem do tempo e a memória coletiva da cidade. Transita entre tempos distintos, breves momentos, história, memória fugaz que vai marcando o espaço a cada segundo, a cada passo. Uma travessia temporal que estabelece como o lugar diferentes temporalidades e a cada momento, novas [re]conexões
  • Item
    Reabilitação Hotel Umuarama Recreio - novas permeabilidades
    (Centro Universitário Barão de Mauá, 2022-12) Lorena Finassi Simoes Luzenti ; Fernando Gobbo Ferreira
    Esse trabalho final de graduação irá propor estratégias de permeabilidade a fim de reabilitar o antigo Hotel Umuarama Recreio à novos usos contemporâneos e intervir diante do abandono do mesmo. A proposta é restabelecer a memória desse legado desamparado assim como de seu contexto imediato que se abandonou juntamente. Acredita-se no potencial de transbordo destes.
  • Item
    Forjando 4 paredes
    (Centro Universitário Barão de Mauá, 2022-12) Davi Gomes de Oliveira ; Davi Gomes de Oliveira
    A arquitetura não é apenas casas enfeitadas e decoradas. A arquitetura é pensada desde a acessibilidade, até o conforto térmico e acústico, assim como também é inclusão social e, isso tudo, está totalmente ligado às pessoas em situação de rua. Por essas e outras questões, é importante que o conteúdo deste livro seja compreendido por todos. O projeto forjando 4 paredes é um trabalho que não visa apenas abrigar os sem-teto, mas sim, criar algo que, provavelmente, eles nunca tiveram: uma moradia que supra todas as suas necessidades. É um projeto que se moldará através do seu usuário, com possibilidades de mudanças no decorrer do caminho.